Um menininho chamado Davi

Nos DVDs infantis, geralmente vemos a imagem de um menininho ruivinho e bonitinho, esse seria Davi e não sei se é devido a isso ou pela narrativa da Bíblia, mas o imagino dessa forma.

Davi, assim como cada um de nós, tinha defeitos, manias, porém em contrapartida, ele tinha qualidades brilhantes, admiráveis e dignas de serem copiadas.

Todas essas definições sobre Davi, foram a partir do que lemos na Bíblia, contudo na época quando ocorreram o cenário era outro, Davi não tinha reconhecimento algum, inclusive, quando o profeta Samuel foi ungir um rei na casa de Jessé, todos os filhos foram apresentados, menos Davi.

Das histórias de Davi, creio que a mais conhecida foi a luta contra o gigante Golias. Uma batalha que aos olhos humanos teria um final certo, Davi seria eliminado. A diferença física entre Davi e Golias era absurda e mesmo assim Davi manteve sua decisão em enfrentar o gigante. Destemido, em nenhum momento lemos na Bíblia Davi com medo de Golias ou o enaltecendo, simplesmente foi e fez o que se propôs. Analisando a ação de Davi, fiquei imaginando nossa postura quando enfrentamos algum problema, ficamos agoniados, por vezes, desesperados e colocamos o problema acima de qualquer coisa. Esquecemos que temos um Deus! Davi conhecia o Deus todo poderoso e sabia que aquela batalha era do Senhor, que assim seja conosco, só provamos nossa fé quando precisamos exercê-la.

Outro bom exemplo, foi quando após terríveis investidas de Saul contra sua vida, Davi teve a oportunidade de mata-lo, mas não o fez. Davi sabia que por mais que Saul tivesse injustamente o atacando, ele era um ungido de Deus e não se atreveria fazer mal a ele.

“Então os homens de Davi lhe disseram: Eis aqui o dia, do qual o Senhor te diz: Eis que te dou o teu inimigo nas tuas mãos, e far-lhe-ás como te parecer bem aos teus olhos. E levantou-se Davi, e mansamente cortou a orla do manto de Saul.
Sucedeu, porém, que depois o coração doeu a Davi, por ter cortado a orla do manto de Saul. E disse aos seus homens: O SENHOR me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, ao ungido do SENHOR, estendendo eu a minha mão contra ele; pois é o ungido do SENHOR.”
1 Samuel 24:4-6

O exemplo de Davi, nos ensina que devemos respeitar todas as autoridades, pais,  pastores, professores e até mesmo a presidente (mesmo que esses não sejam da forma como gostaríamos). Além disso, devemos orar por eles e lançar palavras de bênçãos e não de maldição. Isso agrada o coração de Deus.

Ainda sobre Davi, o que dizer do livro de Salmos? Quantos salmos que já falaram ao seu coração? Salmos de quebrantamento, de ânimo, de fortalecimento, de arrependimento, enfim, não há como não dizer que o derramar de Davi no livro de salmos reflete um coração sincero e amável. Não foi sem fundamento que Davi foi considerado um homem segundo o coração de Deus.

Além de tudo que foi relatado aqui, Davi também entrou para a galeria dos heróis da fé, em Hebreus 11.

O que queremos mostrar nesse texto é que Davi não era um super homem com poderes especiais, mas um homem cheio do Espírito Santo de Deus e isso o fazia sim, um homem acima do que se vê.

Se você permitir ser morada do Espírito Santo, terá experiências incríveis, assim como Davi teve. Depende de você escolher viver uma entrega total ao Senhor ou permanecer da mesma forma.

Que o Espírito Santo fale ao seu coração e te impulsione para buscar mais da presença de Deus.

Deus te abençoe.

DICAS PARA FAZER UMA APRESENTAÇÃO ORAL DE TRABALHO MAIS EFICIENTE

Você tem uma apresentação oral e está ansioso (a) por que não sabe se vai lembrar de tudo ? Está com medo de ter o famoso branco? Calma fazer uma apresentação oral eficiente é técnica e, portanto pode ser facilmente aprendida.

Não importa a situação pode ser a apresentação oral de um trabalho acadêmico, pode ser a apresentação de um projeto ou mesmo de um produto ou serviço, o que vai importar é a forma de como você vai transmitir o conteúdo, de maneira clara, objetiva e que seja cativante para o seu público. Quando sua apresentação oral cativa o público, isto é sinal de que ela realmente foi um sucesso.

Aqui apresento as principais estratégias para fazer uma apresentação oral de trabalho mais eficiente. Venha comigo e descubra os detalhes que fazem a diferença em uma excelente apresentação.

  • Elaboração do roteiro: depois de estudar o conteúdo do que você terá que falar é fundamental a elaboração de um roteiro. A função do roteiro é para você não se perder e ficar confuso durante sua apresentação oral. Ele torna o seu raciocínio mais fácil e mais dinâmico e evita o famoso “branco” na hora de falar.
  • Estabeleça o propósito de sua apresentação: saber o propósito de sua apresentação é muito importante por que através desse propósito é que você vai de definir as palavras que você vai dizer na sua apresentação. Por exemplo, se você vai apresentar um projeto ou um produto ou mesmo um serviço, você terá que dizer palavras persuasivas ao longo da sua apresentação. Agora se você vai apresentar um trabalho acadêmico, você terá que dizer palavras que façam a ligação entre uma ideia e outra.
  • Mude o tom de voz ao longo da sua apresentação: Manter o mesmo tom de voz é entediante para a plateia, faz as pessoas se distraírem, e dependendo do tom, faz as pessoas dormirem, e você não quer isso não é mesmo? Então a dica é aumente o tom de voz e em certos momentos diminua o tom.
  • Introduza elementos retóricos: elementos retóricos fazem com que você se sinta mais a vontade na hora de falar e faz com que o tema se aproxime mais do seu leitor. Dentre os elementos retóricos que você pode incluir em sua apresentação estão: fatos pessoais, exemplos, analogias, metáforas.
  • Escolha as palavras que você vai dizer: não queira impressionar sua plateia com palavras difíceis para você, por que o efeito pode ser contrário e você se enrola na hora de falar e isso pode te deixar nervosos e você sai da sua linha de raciocínio. Faça a sua apresentação oral com palavras fácil, clara e conhecida e outra importante dica é evitar os velhos jargões.

 

  • Treine antes: treinar sua apresentação oral para outra pessoa antes de falar para o seu público é muito importante. Primero é que você vai poder observar se sua apresentação está adequada para o tempo que você vai ter para falar. Segundo é que quando você treina o seu cérebro estimula a memorização e quando você realmente for apresentar você vai se sentir mais a vontade por que sua mente não vai reconhecer aquela situação como nova e isso diminui o risco de você falhar durante sua apresentação oral.

Se você gostou das informações compartilhadas nesse post, compartilhe agora mesmo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para sempre estarmos criando um conteúdo relevante para você!

http://www.puc-rio.br/

PRINCIPAIS ERROS GRAMATICAIS AO RESPONDER UMA PROVA DISCURSIVA

A escrita faz parte da vida de qualquer pessoa, seja um simples bilhete, uma carta, uma questão de prova, uma redação ou um livro, escrevemos para nos comunicar e deixar nossas ideias e conhecimentos registrados.

Não importa o tamanho do texto, ao escrever você deve um bom texto com qualidade e com a escrita correta. E o que ocorre é que a cada dia mais os professores têm observado um grande número de erros gramaticas em redações e principalmente nas provas discursivas.

Neste post quero apresentar os principais erros gramaticais ao responder uma prova discursiva. Fique atento e aprenda a não cometer estes erros, pois ao cometer erros gramaticais em uma prova discursiva você pode perder pontos que podem fazer a diferença na sua nota final;

Erros de concordância verbal

Erros comuns na flexão dos verbos: muitos estudantes eram na hora de fazer a concordância verbal com o sujeito e paira a dúvida de colocar ou não o verbo no plural. Veja abaixo um exemplo de um desses erros:

“Não existe metas impossíveis e sim pessoas incapazes de lutar por suas metas”.

A análise do erro gramatical desta frase mostra que metas impossíveis é o sujeito do verbo existir, portanto o verbo deve concordar sempre com o sujeito ou com o núcleo do sujeito, que pode vir anteposto ou posposto ao verbo. Portanto se o sujeito está no plural o verbo também deve sofre a flexão no plural. Assim a frase correta fica:

“Não existem metas impossíveis e sim pessoas incapazes de lutar por suas metas.”

Outro erro muito cometido anda dentro da concordância verbal é com o verbo é do verbo haver (no sentido de existir), muitos alunos acabam flexionando este verbo, veja abaixo:

“Ainda que hajam interesses particulares, os jornalistas devem respeitar o interesse público”

O aluno desavisado  quis concordar o verbo com o sujeito e colocou o verbo no plural mas a frase correta é:

“Ainda que haja interesses particulares, os jornalistas devem respeitar o interesse público”.

Portanto a regra é de que o verbo haver no sentido de existir nunca deve ser flexionado.

Erros de concordância nominal

Erros de concordância nominal também são muito comuns de serem encontrados em provas discursivas. Veja alguns exemplos abaixo:

“A advogada chegou com sapatos e bolsas escuros

Neste caso a frase está errada, pois o adjetivo está posposto e se refere a mais de um substantivo (um no feminino e um no masculino), sendo a função dele de adjunto ele pode concordar com o mais próximo, ou fazer a concordância em geral.

Outro erro é com relação a palavra menos X menos, veja a frase abaixo:

“ Havia menas flores no campo”

Essa frase está totalmente errada NAÕ existe a palavra menas, portanto a frase certa é “Havia menos flores no campo”.

Outro erro que você deve ficar atento na hora de resolver uma questão discursiva é a palavra bastante, veja a frase abaixo:

“Recebeu bastante elogios”

Essa frase está errada, pois a frase certa é…. “Recebeu bastantes elogios”, essa dúvida é fácil de ser resolvida, neste caso vasta substituir a palavra BASTANTE por MUITO, se o muito vier no plural o bastante tem que ir para o plural também, fique atento a essas pegadinhas.

Se você gostou das informações compartilhadas nesse post, compartilhe agora mesmo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para sempre estarmos criando um conteúdo relevante para você!

Fonte: Como fazer um tcc

 

 

 

 

Namoro Cristão

Todos chegam a se apaixonar um dia, o coração bate mais forte, os olhos brilham, a mente viaja em torno daquela pessoa. Isso é normal, faz parte do ser humano e do processo da vida, se apaixonar, namorar, casar, ter filhos e assim por diante. Como acabei de escrever, logo após o namoro vem o casamento, ou seja, o namoro é uma preparação para o casamento. Muitos começam a namorar sem perspectiva de casamento, como não precisa da intervenção de um advogado para o término de um namoro, imaginam que o namoro não tem tanta responsabilidade, mas tem sim. Por isso, se você pretende namorar sem a intenção de casar, então nem comece a namorar.

Antes de começar um namoro, aconselho “ambos” a orarem e pedirem a direção de Deus, comunicar os pais e o pastor para aprovação. Alguns vão ler e pensar: “quanta burocracia!”  Te explico o porque, como cristãos temos uma conduta a zelar, não há lógica em estarmos a cada momento com uma pessoa diferente. Quando você se relaciona com alguém você está compartilhando sua vida, intimidade, família, por isso, iniciar um namoro é algo muito importante e exige responsabilidade.

Após a confirmação por todas as etapas, vocês decidem namorar e devem tomar alguns cuidados:

  1. Nunca namorem sozinhos

Quando o casal fica sozinho podem acontecer algumas coisas erradas, mão boba, carinhos mais extravagantes e a partir disso muitas outras coisas como a FORNICAÇÃO. Esse palavrão todo, quer dizer: sexo antes do casamento. A palavra do senhor condena essa atitude, veja o relato sobre a imoralidade sexual:

“Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;
idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções
e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.”
Gálatas 5:19-21

Sendo assim, evitem situações que favoreçam isso, por mais que vocês se considerem pessoas controladas. Alguns, me perguntam o que eu penso da Corte, eu acho uma ótima ideia, para quem não sabe, corte basicamente é o namoro sem beijo, se o seu namorado (a) aceitar, já é um ponto positivo para ele (a) e uma garantia a mais para terem um namoro em santidade, vale muito pensar nessa possibilidade.

  1. Cristão namora com cristão

Se por acaso você se apaixonou por alguém fora da igreja, não invista nisso! Não há como dividir a vida com alguém que acredita em algo diferente de você, a Bíblia é bem clara com relação a isso:

“Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?”
2 Coríntios 6:14

  1. Avalie seu namorado (a)

É no namoro, que se deve avaliar o máximo que puder da pessoa, se é fiel na igreja, se trabalha, se é um bom filho… Todas as avaliações devem ser realizadas nessa fase, depois que o casamento acontece as coisas mudam de situação e não tem mais a possibilidade de terminar. Seja criterioso (a)!

  1. Sejam uma benção na casa de Deus

A Bíblia nos instrui que o solteiro cuida das coisas do Senhor, portanto sejam ativos na obra do Senhor, participem das atividades da igreja, isso fortalecerá a união de um casal que deseja buscar a Deus e ser uma benção.

O namoro é muito bom quando seguindo em obediência a Deus. Imagino que você não irá trocar sua salvação por momentos aqui nessa terra, certo?

Que o senhor te abençoe!

#namorocristão #obediencia #cristão

 

 

 

Por que ir à igreja?

Em um mundo de modernidades, por que ir a igreja se eu posso assistir os cultos pela internet ou pela televisão? Por que ir a igreja se eu posso ouvir louvores e ler a Bíblia em casa? Afinal, a vida é tão corrida e os momentos disponíveis devem ser aproveitados para descansar, não é verdade?

Se você pensava que eu iria concordar com essas indagações…. Não, você está enganado. Independente de toda tecnologia e acessibilidade em ouvir a palavra do Senhor, nada substituiu o ato de congregar.

Tudo isso porque nós somos a igreja!

 “Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo” 1ª Pedro 2:5: 

Veja também: “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Mateus 16:18

Somos a igreja e morada do Espírito Santo! Deus poderia escolher tantos lugares para morar e escolheu você e eu!!!

Não há como ser igreja sem estar com a igreja, somos o corpo de Cristo e precisamos estar juntos, celebrando a Deus, ouvindo sua palavra e cada vez mais sendo moldados pelo Senhor.

Não sei se você já viu algum acidente onde a vítima perde algum membro do corpo, é um processo muito doloroso e por incrível que pareça, existem situações em que é possível reverter e recuperar aquela parte retirada, contudo além de alguns outros procedimentos específicos, o processo deve ser realizado com imensa rapidez. Isso porque os membros do nosso corpo precisam estar junto ao corpo, para receber sangue, oxigênio, liberar gás carbônico, etc.

Assim somos nós, membro fora da igreja morre, precisamos estar juntos dos irmãos, juntos ao corpo de Cristo. No convívio, aprendemos uns com os outros, damos e recebemos amor e como uma ordem, mas que feita em gratidão, vamos crescendo cada vez mais.

Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns. Hebreus 10:25a

Não se esqueça que não terá um céu só para você, terá que aprender a conviver aqui se quiser estar na eternidade com o Senhor.

Enquanto muitos ainda não valorizaram o privilégio de estar na casa de Deus, muitos cristãos ao redor do mundo ainda sofrem muitas perseguições e não podem manifestar a sua fé. Se você não tem esse conhecimento, te informo que existem muitas igrejas subterrâneas, igrejas verdadeiramente escondidas onde irmãos se arriscam para estarem juntos adorando a Deus. Ainda hoje irmãos são presos em campos de concentração, outros são martirizados, por não negarem a sua fé, por isso valorize a oportunidade que você tem!

Se você não tem o interesse de ir à igreja, peço que pare e pense no que te levou a ter esse tipo de sentimento, será que você não se decepcionou com alguma coisa? Se sua resposta for sim, quero te explicar que como escrevemos nesse post, a igreja é formada por pessoas salvas, mas não perfeitas, provavelmente iremos encontrar problemas, mas temos um alvo que é Jesus e através Dele, vamos aprendendo a amar, perdoar e conviver, até em meio às diferenças.

O importante é estar em uma igreja séria e comprometida verdadeiramente com a palavra de Deus.

Empecilhos sempre existiram para te fazer desistir de congregar, mas você tem que estar firme a ponto de vencer tudo que venha te impedir. O Espírito Santo é com você e te ajudará, basta dar o primeiro passo.

Eu sou bacharel em teologia estudei somente pela internet pelo curso da universidade da bíblia chamado curso de teologia a distancia. Conheça uma pouco mais sobre ele.

Que o Senhor te abençoe e que você seja a igreja do Senhor Jesus.