Namoro Cristão

Todos chegam a se apaixonar um dia, o coração bate mais forte, os olhos brilham, a mente viaja em torno daquela pessoa. Isso é normal, faz parte do ser humano e do processo da vida, se apaixonar, namorar, casar, ter filhos e assim por diante. Como acabei de escrever, logo após o namoro vem o casamento, ou seja, o namoro é uma preparação para o casamento. Muitos começam a namorar sem perspectiva de casamento, como não precisa da intervenção de um advogado para o término de um namoro, imaginam que o namoro não tem tanta responsabilidade, mas tem sim. Por isso, se você pretende namorar sem a intenção de casar, então nem comece a namorar.

Antes de começar um namoro, aconselho “ambos” a orarem e pedirem a direção de Deus, comunicar os pais e o pastor para aprovação. Alguns vão ler e pensar: “quanta burocracia!”  Te explico o porque, como cristãos temos uma conduta a zelar, não há lógica em estarmos a cada momento com uma pessoa diferente. Quando você se relaciona com alguém você está compartilhando sua vida, intimidade, família, por isso, iniciar um namoro é algo muito importante e exige responsabilidade.

Após a confirmação por todas as etapas, vocês decidem namorar e devem tomar alguns cuidados:

  1. Nunca namorem sozinhos

Quando o casal fica sozinho podem acontecer algumas coisas erradas, mão boba, carinhos mais extravagantes e a partir disso muitas outras coisas como a FORNICAÇÃO. Esse palavrão todo, quer dizer: sexo antes do casamento. A palavra do senhor condena essa atitude, veja o relato sobre a imoralidade sexual:

“Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;
idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções
e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.”
Gálatas 5:19-21

Sendo assim, evitem situações que favoreçam isso, por mais que vocês se considerem pessoas controladas. Alguns, me perguntam o que eu penso da Corte, eu acho uma ótima ideia, para quem não sabe, corte basicamente é o namoro sem beijo, se o seu namorado (a) aceitar, já é um ponto positivo para ele (a) e uma garantia a mais para terem um namoro em santidade, vale muito pensar nessa possibilidade.

  1. Cristão namora com cristão

Se por acaso você se apaixonou por alguém fora da igreja, não invista nisso! Não há como dividir a vida com alguém que acredita em algo diferente de você, a Bíblia é bem clara com relação a isso:

“Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?”
2 Coríntios 6:14

  1. Avalie seu namorado (a)

É no namoro, que se deve avaliar o máximo que puder da pessoa, se é fiel na igreja, se trabalha, se é um bom filho… Todas as avaliações devem ser realizadas nessa fase, depois que o casamento acontece as coisas mudam de situação e não tem mais a possibilidade de terminar. Seja criterioso (a)!

  1. Sejam uma benção na casa de Deus

A Bíblia nos instrui que o solteiro cuida das coisas do Senhor, portanto sejam ativos na obra do Senhor, participem das atividades da igreja, isso fortalecerá a união de um casal que deseja buscar a Deus e ser uma benção.

O namoro é muito bom quando seguindo em obediência a Deus. Imagino que você não irá trocar sua salvação por momentos aqui nessa terra, certo?

Que o senhor te abençoe!

#namorocristão #obediencia #cristão